Seguir por e-mail

sexta-feira, 12 de junho de 2015

MÍDIA: DESINFORMAÇÃO E DELÍRIO


Sobre a resposta que o autor recebeu (de que a água estava cara em virtude da baixa nos reservatórios paulistas) quando reclamou do preço de garrafa de água de longe dos locais afetados pela falta de chuvas:

"O caso da água em São Paulo mostra que o acúmulo de informações provenientes dos meios de comunicações causa um efeito inverso, o da ingenuidade e exploração coletiva. Culpam quem não devem culpar, não questionam o que deveriam questionar e não fazem o que deveriam fazer para garantir seus direitos de cidadão. Quanto mais consomem informações do meios de comunicação e das redes sociais, mais deformam suas percepções de realidade". (BARROS FILHO, Clóvis de. Mídia: desinformação e delírio. Revista Filosofia. nº 105. São Paulo: Ed. Escala, 2015. pp. 72/73).